Sopra leve o vento leste e encrespa o mar
Eu ainda te espero chegar
Vem a noite cai seu manto escuro devagar
Eu ainda te espero chegar

Não telefone, não mande carta
Não mande alguém me avisar
Não vá pra longe, não me desaponte
O amor não sabe esperar

Ficar só é a própria escravidão
Ver você é ver na escuridão
E quando o sol sair
Pode te trazer pra mim, uh, uh, uh yeah

Uh, uh, uh
Uh, uh, uh

Abro a porta, enfeito a casa Deixo a luz entrar
Eu ainda te espero chegar
Escrevo versos Rosas e incenso para perfumar
Eu ainda te espero chegar

Não telefone, não mande carta
Não mande alguém me avisar
Não vá pra longe, não me desaponte
O amor não sabe esperar

Ficar só é a própria escravidão
E Ver você é ver na escuridão
E quando o sol sair
Tudo vai brilhar pra mim, uh uh

Estar só é a própria escravidão
Ver você é ver na escuridão
E quando o sol sair
Pode te trazer pra mim, uh uh uh yeah

Uh, uh, uh
Uh, uh, uh
Uh, uh, uh
Uh, uh, uh
Uh, uh, uh
Uh, uh, uh


Lyrics submitted by Shoot_Me

"O Amor Não Sabe Esperar" as written by Herbert Vianna

Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC

Lyrics powered by LyricFind

O Amor Dorme song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top