Minha cunhada, prima irmã de tia minha
Já me disse que a vizinha vai morrer do coração
Eu descobri que pimenta malagueta
Quando entra na buceta vai se enganchar no pulmão

Não, não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode
Eu vou te dar uma lição

Pense nisso, meu amor, que o buraco é mais embaixo
Se te dão uma banana, você logo pede o cacho
Você deve 'tá achando a brincadeira engraçada
É certo que tu tá ficando muito, muito alaceada
E quando o meu pinto se sentir um pouco frouxo
Vou te botar de quatro e aí pôr no seu cú

Não, não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode, não
Não é assim que se fode
Eu vou te dar uma lição


Lyrics submitted by Shoot_Me

"Minha Cunhada" as written by Frederico Mello De Castro Frederico Castro

Lyrics © Warner Chappell Music, Inc.

Lyrics powered by LyricFind

Minha Cunhada song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top