A minha alma está armada
E apontada para a cara do sossego
Pois paz sem voz, paz sem voz
Não é paz é medo

As vezes eu falo com a vida
As vezes é ela quem diz
Qual a paz que eu não quero conservar pra tentar ser feliz

As grades do condomínio
São pra trazer proteção
Mas também trazem a duvida
Se é você que está nesta prisão

Me abrace e me dê um beijo
Faça um filho comigo
Mas não me deixe sentar
Na poltrona no dia de domingo

Procurando novas drogas
De aluguel neste vídeo
Coagido pela paz
Que eu não quero
Seguir admitindo

As vezes que falo com a vida
As vezes é ela quem diz


Lyrics submitted by alitoc

Minha Alma (a Paz Que Eu Não Quero) song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain