"Tolerância" as written by and Jose Antonio Antonio Villeroy Ana Carolina De Souza....
Como água no deserto
Procurei seu passo incerto
Pra me aproximar a tempo

O seu código de guerra
E a certeza que te cerca
Me fazem ficar atento

Não me importa a sua crença
Eu quero a diferença
Que me faz te olhar de frente

Pra falar de tolerância
E acabar com essa distância
Entre nós dois

Deixa eu te levar
Não há razão e nem motivo
Pra explicar
Que eu te completo
E que você vai me bastar
Tô bem certo de que você vai gostar
Você vai gostar

Deixa eu te levar
Não há razão e nem motivo
Pra explicar
Que eu te completo
E que você vai me bastar
Tô bem certo de que você vai gostar
Você vai gostar, eh

Como lava no oceano
Um esforço sobre humano
Pra recomeçar do zero

Se pareço ainda estranho
Se não sou do seu rebanho
E ainda assim, te quero

É que o amor é soberano
E supera todo engano
Sem jamais perder o elo

E é por isso que te espero
E já sinto a mesma coisa em seu olhar

Deixa eu te levar
Não há razão e nem
Motivo pra explicar

Que eu te completo
E que você vai me bastar

Tô bem certo de que você vai gostar
Você vai gostar

Deixa eu te levar
Não há razão e nem motivo
Pra explicar
Que eu te completo
E que você vai me bastar eu sei
Tô bem certo de que você vai gostar
Você vai gostar

Deixa eu te levar
Não há razão e nem motivo
Pra explicar
Que eu te completo
E que você vai me bastar
Eu sei, tô bem certo de que você vai gostar
Você vai gostar, ehh deixa


Lyrics submitted by SongMeanings

"Tolerância" as written by Jose Antonio Antonio Villeroy Ana Carolina De Souza

Lyrics © Universal Music Publishing Group

Lyrics powered by LyricFind

Tolerância song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain