"Precioso" as written by and Miguel Angelo Da Costa Magalhaes....
Quantas voltas são precisas
Para escolher um só caminho?
E sentir que é meu para sempre!
Quantas vezes, indeciso
Eu desisto de vencer
E decido ser prudente
Evitando o que é diferente

É o tempo roubado à razão de existir
Um momento passado e perdido
É o amor, precioso

Um destino traçado num mapa a fingir
Um futuro distante, iludido
É o amor, precioso, precioso

Quantas feridas são precisas
Para escorrer um sangue novo
E acender a chama ausente
Prometendo que é para sempre!

É o tempo roubado à razão de existir
Um momento passado e perdido
É o amor, receoso
Um destino traçado num mapa a fingir
Um futuro distante, iludido
É o Amor, precioso
É o Amor
É o Amor
É o tempo roubado à razão de existir
Um momento passado e perdido
É o amor, receoso
Um destino traçado num mapa a fingir
Um futuro distante, iludido
É o amor, precioso, precioso


Lyrics submitted by SongMeanings

"Precioso" as written by Miguel Angelo Da Costa Magalhaes

Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC

Lyrics powered by LyricFind

Precioso song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain