"Versos de Amor" as written by and Carlos Manuel De Marques Paião....
Às onze e meia saiu para a rua
Com o seu fato domingueiro
Dormindo a aldeia brilhando a lua
Num céu de estrelas conselheiro
Coração quente timidamente
À sua porta então chamou
E abriu-se a janela e só para ela
Triste cantou

Versos de amor
Lindos esses versos de amor
Que fizera em segredo
A sonhar quase a medo
Um viver tentador
A sua vida por uns versos de amor
Lindos esses versos de amor
Na mais terna amargura
O silêncio murmura uma história de amor

A noite imensa foi mais rainha
Quando uma lágrima caiu
Na recompensa o amor que tinha
Ela também chorou sorriu
Foi tão bonito tinham-lhe dito
Que amar ás vezes faz doer
Mas a dor que sentia
Não lhe doía dava prazer

Versos de amor
Lindos esses versos de amor
Que fizera em segredo
A sonhar quase a medo
Um viver tentador
A sua vida por uns versos de amor
Lindos esses versos de amor
Na mais terna amargura
O silêncio murmura uma história de amor


Lyrics submitted by SongMeanings

"Versos de Amor" as written by Carlos Manuel De Marques Paião

Lyrics © EMI Music Publishing

Lyrics powered by LyricFind

Versos de Amor song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain