"Dois Coracoes E Uma Historia" as written by and Carlos Soares Carlos Silva....
No meio da conversa, de um caso terminando
Um fala e o outro escuta e os olhos vão chorando
A lógica de tudo é o desamor que chega
Depois que um descobre que o outro não se entrega
Quem vai sair arruma as coisas põe na mala
Enquanto o outro fuma um cigarro na sala
E o coração palhaço começa a bater forte
Quem fica não deseja que o outro tenha sorte

E longe um do outro, a vida é toda errada
O homem não se importa com a roupa amarrotada
E a mulher em crise, quantas vezes chora
A dor de ter perdido um grande amor que foi embora

Mas quando vem a volta, o homem se arruma
Faz barba, lava o carro, se banha, se perfuma
E liga pro amigo que tanto lhe deu força
E jura nunca mais vai perder essa moça
E a mulher se abraça à mãe, diz obrigado
E põe aquela roupa que agrada o seu amado
E passa a tarde toda cuidando da beleza
Jantar à luz de velas e amor de sobremesa

E perto um do outro, a vida é diferente
A solidão dá espaço ao amor que estava ausente
Quem olha não tem jeito de duvidar agora
Da força da paixão que tem
Dois corações e uma história


Lyrics submitted by SongMeanings

"Dois Coracoes E Uma Historia" as written by Carlos Soares Carlos Silva

Lyrics © Warner/Chappell Music, Inc.

Lyrics powered by LyricFind

Dois Coracoes E Uma Historia song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain