Vou soltar, desprender, queimar e deixar arder, deitar tudo a perder
Descalçar, destapar, ver o fogo agigantar, ter o corpo a levitar
Vou sorrir, pressentir, a cabeça vai ruir, a razão vai desmentir
Bon vivant, guronsan, deixo tudo para amanhã, terapia de divã
E deixo que as traças me comam no fundo do bolso
Sobretudo no meu corpo, quando tudo sabe a pouco
Quero um copo cheio que me diga que há mais um
Nunca mais tocar em nada que não saiba consertar


Lyrics submitted by Pinto55

Juárez song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain