"Sabado a Noite" as written by and Luis Mauricio Pragana Dos Santos....
Todo mundo espera alguma coisa
De um sábado à noite
Bem no fundo todo mundo quer zoar

Todo mundo sonha em ter
Uma vida boa
Sábado à noite tudo pode mudar

A semana passou num piscar de olhos, e eu não vi
E o tempo que voa como o vento, não senti
Minha vida está congelada
Desde a última vez que lhe vi
Só me interessa voltar ao
Ponto de onde eu parti

Passa segunda, terça e quarta-feira, nem aí!
E na quinta e na sexta o tempo parece repetir
Quando o sol do último dia
Ameaça se despedir
É que o povo põe uma roupa
E sai pra se distrair

Todo mundo espera alguma coisa
De um sábado à noite
Bem no fundo todo o mundo quer zoar

Todo mundo sonha em ter
Uma vida boa
Sábado à noite tudo pode mudar

A semana passou num piscar de olhos, e eu não vi
E o tempo que voa como o vento, não senti
Minha vida está congelada
Desde a última vez que lhe vi
Só me interessa voltar
Ao ponto de onde eu parti

Passa segunda, terça e quarta-feira, nem aí!
E na quinta e na sexta o tempo parece, repetir
Quando o sol do último dia
Ameaça se despedir
É que o povo põe uma roupa
E sai pra se distrair

Todo mundo espera alguma coisa, diz
De um sábado à noite
Bem no fundo todo mundo quer zoar

Todo mundo sonha em ter
Uma vida boa
Sábado à noite tudo pode mudar

Todo mundo espera alguma coisa
De um sábado à noite
Bem no fundo todo mundo quer cidade negra

Todo mundo sonha em ter
Uma vida da boa
Sábado à noite tudo pode mudar

Sábado à noite não devia se acabar
Sábado à noite tudo pode


Lyrics submitted by SongMeanings

"Sabado a Noite" as written by Luis Mauricio Pragana Dos Santos

Lyrics © Universal Music Publishing Group

Lyrics powered by LyricFind

Sabado a Noite song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain