"Absurdo" as written by and Diniz/santos/lara/buzelin/fonseca/oliveira/play....
Rei não vê que vive nu
Chama loro de urubu
Não consegue convencer
Nah nah nah, nah nah nah

Lei da selva, brucutu
Apressado come cru
Não vai me comprometer
Nah nah nah, nah nah nah

Sem fubá não tem angu
Só carniça de urubu
Quem me disse foi Lulu
Huh huh huh, huh huh huh

Nunca pensei
Nunca nem imaginei
Em um dia lhe dizer

Absurdo
Mais que absurdo
Não foi isso o que eu sonhei

Quanta mentira
Onde é que já se viu
Uma coisa assim

Quanta mentira
Não negue não
Não negue não



Lyrics submitted by SongMeanings

"Absurdo" as written by

Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC, Warner/Chappell Music, Inc.

Lyrics powered by LyricFind

Absurdo song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain