"Sorte" as written by Arnaldo Jose Lima Santos, Fernando Preto and Flavio Lemos....
Eu preciso de sorte
Já que eu tenho paciência
Trevos e dedos cruzados
À enésima potência

Seria simples se os ventos
Soprassem a meu favor
Não consegui o que eu quis
E tudo que fiz foi por amor

Não é que eu queira ter tudo
Não é que eu fiz por merecer
Eu preciso de sorte
Prá chegar até você

Eu preciso de sorte
Mesmo sem ter direito
Eu menti e disfarcei
E continuo insatisfeito

Nada é tão errado
Eu sei o preço mas não o valor
Fiz o que eu não devia
Mas tudo que fiz foi por amor


Lyrics submitted by SongMeanings

"Sorte" as written by Fernando Preto Arnaldo Jose Lima Santos

Lyrics © Warner/Chappell Music, Inc.

Lyrics powered by LyricFind

Sorte song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain