"Serafim" as written by and Gilberto Gil Moreira....
Quando o agogô soar
O som do ferro sobre o ferro
Será como o berro do bezerro
Sangrado em agrado ao grande Ogum

Quando a mão tocar no tambor
Será pele sobre pele
Vida e morte para que se zele
Pelo orixá e pelo egum

Kabieci lê - vai cantando o ijexá pro pai Xangô
Eparrei, ora iêiê - pra Iansã e mãe Oxum
"Oba bi Olorum koozi": como deus, não há nenhum

Será sempre axé
Será paz, será guerra, serafim
Através das travessuras de Exu
Apesar da travessia ruim

Há de ser assim
Há de ser sempre pedra sobre pedra
Há de ser tijolo sobre tijolo
E o consolo é saber que não tem fim

Kabieci lê - vai cantando o ijexá pro pai Xangô
Eparrei, ora iêiê - pra Iansã e mãe Oxum
"Oba bi Olorum koozi": como deus, não há nenhum



Lyrics submitted by SongMeanings

"Serafim" as written by Gilberto Passos Gil Moreira Gilberto Gil Moreira

Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC

Lyrics powered by LyricFind

Serafim song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain