"Canção Áspera" as written by Samuel Rosa De Alvarenga and Francisco Eduardo Fa Amaral....
Não espere nada
Seja o que for
Estou só de passagem
Breve é o amor

Não espere o dia
Deixe como está
Sigo essa miragem
Não sei a razão

Não espere nada
Deixa assim então
Sei que o mundo é oco
Menos que a paixão

Não sou nada disso
São desejos seus
Não será difícil
Breve é o adeus

Vim com minhas noites
Vou sem seu perdão
Sigo essa miragem
Não espere não

It's a lonely way
It's a rugged song
I woke up today
I knew it would be long

Estou em paz com minha guerra
E o tempo que passou veloz e devagar
Estou em paz na tempestade
E nada aqui parece ser o seu lugar


Lyrics submitted by annazoff

"Canção Áspera" as written by Samuel Rosa De Alvarenga Francisco Eduardo Fa Amaral

Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC

Lyrics powered by LyricFind

Canção Áspera song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain