Bato a porta devagar,
Olho só mais uma vez
Como é tão bonita esta avenida...
É o cais. Flor do cais:
Águas mansas e a nudez
Frágil como as asas de uma vida

É o riso, é a lágrima
A expressão incontrolada
Não podia ser de outra maneira
É a sorte, é a sina
Uma mão cheia de nada
E o mundo à cabeceira

Mas nunca
Me esqueci de ti
Nao nunca*
Me esqueci de ti*
Eu nunca*
Me esqueci de ti *
Nao nunca*
Me esqueci de ti *

Tudo muda, tudo parte
Tudo tem o seu avesso.
Frágil a memória da paixão...
É a lua. Fim da tarde
É a brisa onde adormeço
Quente como a tua mão

Mas nunca
Me esqueci de ti
Nao nunca*
Me esqueci de ti*
Nao nunca*
Me esqueci de ti *
Eu nunca*
Me esqueci de ti *

Naaaaao naaaaaao naaaaaaaaoo naaaaoooo...
Nunca me esqueci de ti
(3x)


Lyrics submitted by migal

Nunca Me Esqueci de Ti song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain