Know something about this song or lyrics? Add it to our wiki.
Mascou limão disse "deixa, deixa-me"
meteu tequilla no corpo e andou
com rija pose insubmissa, beijou-me,
molhou o rosto e dançou

"não temos nada a perder", disse,
pediu-me lume e fumou
seu jovem corpo indecente sentou-se
lembrou os corpos que amou

fez pausa curta, inventou um nome
"Natália, muito prazer"
com uma vontade maior que fome
beijei sem nada dizer

à noite é sempre a fingir
bebendo quente o calor
e tudo o resto era sexo e tédio
como nas histórias de amor

a vodka pura
é uma bebida incolor
faz-me brilhar no escuro
aquece e apaga a dor

com outra qualquer mistura
aniquila-me o pudor


Lyrics submitted by migal

Vodka song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain