Há luz na artéria principal,
Ardem as chamas de dois sois.
Há luta na arena artificial,
Corre o sangue, bato-me primeiro e a ti depois.

Ao lujir duna investida,
Es como saltar un hoguera,
La barrera de fuego,
Una frontera.

Ao fugir da própria vida
Sem correr e sem saltar,
Oculto sangue que tenho para dar.

Lo es como lo sangre,
Correran entre mis venas,
Ardem como el desejo,
Tu vision en mi caberas,

Ao fugir da própria vida
Sem correr e sem saltar,
Oculto sangue que tenho para dar.

Ao lujir duna investida,
Es como saltar un hoguera,
La barrera de fuego,
Una frontera.

Ao fugir duma investida,
É como saltar a fogueira,
À barragem de fogo,
Uma fronteira.

Ao deixar la própria vida
Sem volver la pista atrás,
Guardaré la sangre
Que tengo para dar.


Lyrics submitted by Horror_Punk_Ed

Sangue Oculto song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain