Na loca da pedra,
No meio do mato
Bem longe dos olhos
De um gavião

A vida é um presente
Que vem do passado
Eis que acharam no mato
A menina, então

Miudinha, miudinha

Feito estrela na noite,
Disparada no dia
A menina crescendo
Era um rio correndo
Um riso que ria

Antes de tanta gente
Foi semente sozinha
Hoje o rio correndo
E a mata dizendo
"és minha! és minha!"

Vó Cabocla


Lyrics submitted by alice_d

Vó Cabocla song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain