Saem ratos das esquinas
Ofuscando a passagem
Limitando o meu ser
Eles meu destino comem
Fabricando a minha raiva
O meu corpo roem

Sem sentido eles se movem
Ordenando as nossas vidas
Pelas ruas eles correm
Controlando as calçadas
E nas torres lá estão eles
Vigiando as entradas

E no dia em que as águias
Levantarem vôo
Não vai sobrar um rato
Pra contar como é que foi

Pela calada eles espreitam
Matando almas à passagem
Nos buracos lá estão eles
Aguardando a boa hora
Saltam deles a guinchar
Tu já foste agarrado


Lyrics submitted by keyzz

Vôo Das Águias song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain