Usam-me abusam não sou ninguém
Diz a jovem donzela com
vozes de estrela em
caras caras caras de alguém

Salta vício em vício já pode mostrar
Ele é gente em pó
Pra quem tira a mulher do vício
Gente em pó
Quem quiser ser diferente seja
Gente em pó
Nada contra a corrente
Doce gente em pó

Vem quero-te ouvir falar
Vem mostrar o teu saber
Vem Cuidado
que há por aí mais como eu

Nada me dá é puro bluff
é um perfume caro feito com mostarda
E o que me diz nada me inspira
Aprendeu tudo no prefixo da mentira

Gente em pó
Pra quem tira a mulher do vício
Gente em pó
Quem quiser ser diferente seja
Gente em pó
Nada contra a corrente
Gente em pó

Diz que agora vale mais a puta
Que nada tem a ver, quem nada tem
Sofre como um cão
Tens que fazer
Gente em pó diz amar a solidão

Prá política senhor
Como era mesmo o seu nome
Mãe
Ela é uma hippie
Ao Virar da esquina
Viro-a do avesso e
badada dadada dada
E sabe
sabe
E sabe
sabe

E sabe que eu agora tô
Gente em pó
Pra quem tira a mulher do vício
Gente em pó
Quem quiser ser diferente seja
Gente em pó
Nada contra a corrente
Ye



Lyrics submitted by coisa

Gente em pó (é só juntar água) song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain