"Os Exilados" as written by and Francisco Eduardo/de Alvarenga Amaral....
Meu coração tá batendo
De amor e de cansaço
Saudade de abraço
Do morno regaço
Onde eu deixei
Um pedaço de mim

Meu coração parecendo
Um lobo rubro aço
Ficou mudo no abraço
É de veludo o laço
Com quem eu atei
Um pedaço de você

Com você eu vou mais longe
Que os cristos, que as crenças
Que o bonde de Valença
Com você eu vou mais longe

Com você eu vou mais longe
Que a ilha de Mallorca
Onde a porca torce o rabo
E o diabo nos esconde

Meu coração parecendo
Um troço, um erro crasso
Tipo ¨lost in the space¨
Não entende o estilhaço
Que é só, eu sei
Um balaço de amor

Meu coração é o seu
Seu coração é o meu


Lyrics submitted by kirkcrabb

"Os Exilados" as written by Francisco Eduardo Fa Amaral Samuel Rosa De Alvarenga

Lyrics © EMI Music Publishing, Sony/ATV Music Publishing LLC

Lyrics powered by LyricFind

Os Exilados song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain