"Afinal - A Minha Canção" as written by and Pedro Ayres Magalhaes....
Afinal deixei a terra natal
E cantando andei menos mal
Se calhar mudei bem sei
Que não fiquei Igual

Tanto que passei tão longe daí
Que em mim um país construí
E assim foi melhor porque
Não senti o medo

E a minha canção lá deixava ouvir
O vento no mar o mar a bramir
À minha canção
Chegava esse mar que eu canto

Lá por onde andei
Nem julgo saber a viagem é
Um só lugar mas onde eu cantei
Ficava um sabor a sal

Houve até um dia em que imaginei
Que sempre que eu vinha cantar
Vinha a maresia boa
Para me ajudar

E a minha canção lá deixava ouvir
O vento no mar o mar a bramir
À minha canção
Chegava esse mar que eu canto

E a minha canção lá deixava ouvir
O vento no mar o mar a bramir
Na minha canção
Morava esse mar que eu canto




Lyrics submitted by Ad_Infinitum

"Afinal-a Minha Canção" as written by Pedro Ayres Magalhaes

Lyrics © EMI Music Publishing

Lyrics powered by LyricFind

Afinal - A Minha Canção song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain