Carlos Tê / Rui Veloso

Trocamos um olhar vago
Nos extremos do salão
E um fósforo riscou
Na sola do meu coração

E a chama até queimou
Num olhar mais penetrante
Mas nada em mim avançou
Sou do tipo hesitante

O salão não é para mim
Sou tenso e não sei dançar Quando arrisco troco o passo
E piso os pés ao meu par

Os olhares enganam tanto
São feitos de luz furtiva
Se ao menos fosse outro tempo
E fosse tua a iniciativa

Foste o meu amor secreto
Que o tempo fez passar
Quem sabe se para termos tudo
Só faltou eu saber dançar

Refrão

O salão não é para mim
Custa muito arriscar
Fico ao lado e depois
Faço versos para compensar


Lyrics submitted by wwb

No extremo do salão song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain