Ah, seu eu aguento ouvir
outro não, quem sabe um talvez
ou um sim
eu mereço enfim

É que eu já sei de cór
qual o quê dos quais
e poréns, dos afins, pense bem
ou não pense assim

Eu zanguei numa cisma eu sei
tanta birra é pirraça e só
que essa teima era eu não vi
e hesitei, fiz o pior

Do amor amuleto que eu fiz
deixei por aí
descuidei dele quase larguei
quis deixar cair

Mas não deixei
peguei no ar
e hoje eu sei
sem você sou pá furada

Ai! Não me deixe aqui
o sereno dói
eu sei, me perdi
mas eu só me acho em ti

Que desfeita, intriga, o ó
Um capricho essa rixa e mal
Do imbrólio que qui-pro-có
e disso bem fez-se esse nó

E desse engodo eu vi luzir
de longe o teu farol
minha ilha perdida aí
o meu pôr do sol


Lyrics submitted by fabio

Paquetá song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain