Tua cor é o que eles olham, velha chaga
Teu sorriso é o que eles temem, medo medo
Feira moderna
O convite sensual
Oh! Telefonista, a palavra já morreu
Meu coração é velho
Meu coração é morto
E eu nem li o jornal
Nessa caverna
O convite é sempre igual
Oh! Telefonista
Se a distância já morreu
Independência ou morte
Descansa em berço forte
A paz na terra amém


Lyrics submitted by Shoot_Me

Feira Moderna song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain