Não sei porque toda vez que ele vem vindo vem quebrando tudo entortando poste, batendo. Eh véio barrigudo
E só toma um banho por mês que é pra ficar natural fedendo a onça espanta as moças é perfume de alho e sal
vem pondo fogo no couro queimando as planta derrubando o toco seco onde o sabiá canta
quem tá perto segura o tranco e a tosse que chega fecha a garganta e seca a venta nem quem for corno não agüenta
destrói um carro novo quando o mengão faz um golaço esse é o cheiro do povo é o poder que vem do braço
fumacê brabo e a catinga é forte e fica indigesto depois de praticar um esporte lá na França, quem é chic deixa a axila azedar
pra ficar feito o Maguila e com o tempo o cheiro muda conforme o costume, desculpa pra não se banhar
fizeram altos perfumes só que aquele queijo verde velho ali não nega eu não consigo relaxar, isso estraga a galega
detroi um carro novo quando o mengão faz um golaço pior que peido de ovo é o fedor que vem do braço
vem devastando feito bomba H pra quem tem narizinho fresco é arma popular toda a política na rua, o povo gritando
a baforada dos braços anunciando que a porrada é braba e se não por álcool isso não acaba
só matando pode vir quente que eu tô borbulhando.


Lyrics submitted by Shoot_Me

Cc De Com Força song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain