Não sei se estou vivo ou não
Tirando a areia dos meus olhos,
Vi meus pés longe do chão
Corpo leve como algodão
Mundo morto ninguém sente
Mas eu vejo diferente

Se tudo está aqui e o meu corpo não morreu
Pura verdade, grande é a transformação
Eis que vem o peso do toque da mão de quem
Esteve lá quando eu estava só
Mais de uma vez, eu só quis ficar bem
E fiquei bem melhor
Quem criou o céu e o mar...
Ao acordar não terás o nó
Que o prende às leis
Vi a queda de reis perante um nome só
É por amor que ainda existo
Hoje renasço em Cristo, mais um cego em Jericó

Sei que me ouviste quando ajoelhei no chão
Pedi perdão e disse adeus ao homem triste
Vou me entregar a Ti, por tudo que aconteceu
E pelo que há de vir
Quando segurou a minha mão
Finalmente eu soube que era o Deus vivo quem
Esteve lá quando estava só
Mais de uma vez, eu só quis ficar bem
E fique bem melhor
Quem me ensinou a amar....

Ao acordar não terás o nó
Que o prende às leis
Vi nas trevas o rei que se achou maior
Que o poder que eu tenha visto
Grande é o nome de Cristo
E quem se humilha como Jó
É por amor que ainda existo
Hoje renasço em Cristo
Mais um cego em Jericó
Se faça como previsto
O poder do Sangue de Cristo
Vai te levantar do pó


Lyrics submitted by Shoot_Me

Cego De Jericó song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain