Tu vai em festa que só entra quem não presta
Olha pra cara do sujeito E quer saber se o cara manda bem
Ele te prova quem é mostrando a base que tem

Eu sei bem como é que é, não vou tirar ninguém
Mas comigo e pro outro eu fiz um brother pra galera
Em toda parte em toda noite em toda parte
A galera vem mostrar qual é a arte
Qual é a arte, qual é a arte então

Nunca subestime um local...
Ele se diverte bem mais
Nunca subestime um local
Eles se divertem bem mais

Todo movimento, então a onda é uma arte
É uma arte, é uma arte
Eu sigo em frente
Eu faço a minha parte
A minha parte, a minha parte

E se eu for ficar falando sobre coisa errada
Vão cortar palavra, vão me processar
E se eu for ficar falando sobre coisa errada
Vão me dar porrada vão me processar

Nunca subestime um local...
Eles se divertem bem mais
Nunca subestime um local
Eles se divertem bem mais

Você flagrou? Flagrei. Flagrei o que? O que? O que?
Está no rumo errado então tá sujeito a se fuder
Você flagrou? Flagrei. Flagrei o que? O que? O que?
Está no rumo errado então tá sujeito a se fuder
Mais um rolou, enfim pirou, correu atrás pra arrumar mais
Porque parou, mais um rolou, mais um rolou
Enfim pirou, correu atrás pra arrumar mais, porque parou

Nunca subestime um local...
Eles se divertem bem mais
Nunca subestime um local
Eles se divertem bem mais


Lyrics submitted by MetalKronic

Local song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain