"Monte Castelo" as written by and Renato Russo....
Ainda que eu falasse a lí­ngua do homens
E falasse a lí­ngua do anjos, sem amor eu nada seria

É só o amor, é só o amor
Que conhece o que é verdade
O amor é bom, não quer o mal
Não sente inveja ou se envaidece

O amor é o fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer

Ainda que eu falasse a lí­ngua dos homens
E falasse a lí­ngua dos anjos, sem amor eu nada seria

É um não querer mais que bem querer
É solitário andar por entre a gente
É um não contentar-se de contente
É cuidar que se ganha em se perder

É um estar-se preso por vontade
É servir a quem vence, o vencedor
É um ter com quem nos mata a lealdade
Tão contrário a si é o mesmo amor

Estou acordado e todos dormem, todos dormem, todos dormem
Agora vejo em parte, mas então veremos face a face

É só o amor, é só o amor
Que conhece o que é verdade

Ainda que eu falasse a lí­ngua dos homens
E falasse a lí­ngua do anjos, sem amor eu nada seria


Lyrics submitted by defubuskorn

"Monte Castelo" as written by Renato Russo

Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC

Lyrics powered by LyricFind

Monte Castelo song meanings
Add your thoughts

1 Comment

sort form View by:
  • 0
    General CommentHe wrote this song to an uncle who died in Italy during the second war.
    annazoffon October 26, 2007   Link

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain