"A Via Láctea" as written by Eduardo Dutra Villa Lobos, Marcelo Augusto Bonfa and Renato Manfredini Junior....
Quando tudo está perdido
Sempre existe um caminho
Quando tudo está perdido
Sempre existe uma luz
Mas não me diga isso
Hoje a tristeza não é passageira
Hoje fiquei com febre a tarde inteira
E quando chegar a noite
Cada estrela parecerá uma lágrima
Queria ser como os outros
E rir das desgraças da vida
Ou fingir estar sempre bem
Ver a leveza das coisas com humor
Mas não me diga isso
E só hoje e isso passa
Só me deixe aqui quieto
Isso passa
Amanha é um outro dia não é
Eu nem sei porque me sinto assim
Vem de repente um anjo triste perto de mim
E essa febre que não passa
E meu sorriso sem graça
Não me dê atenção
Mas obrigado por pensar em mim
Quando tudo está perdido
Sempre existe uma luz
Quando tudo está perdido
Sempre existe um caminho
Quando tudo está perdido
Eu me sinto tão sozinho
Quando tudo está perdido
Não quero mais ser quem eu sou
Mas não me diga isso
Não me dê atenção
E obrigado por pensar em mim
Não me diga isso
Não me de atenção
E obrigado por pensar em mim


Lyrics submitted by defubuskorn

"Via Láctea" as written by Marcelo Augusto Bonfa Eduardo Dutra Villa Lobos

Lyrics © Sony/ATV Music Publishing LLC

Lyrics powered by LyricFind

A Via Láctea song meanings
Add your thoughts

No Comments

sort form View by:
  • No Comments

Add your thoughts

Log in now to tell us what you think this song means.

Don’t have an account? Create an account with SongMeanings to post comments, submit lyrics, and more. It’s super easy, we promise!

Back to top
explain